terça-feira, 3 de novembro de 2009

HISTÓRIA DA MODA – TOM FORD O ESTILISTA

Ele é polemico, ele criou uma marca respeitada sem ter uma das premissas básicas no mundo da construção de imagem: um logotipo ou uma loja que levasse o seu nome. O estilista americano Tom Ford era apenas um texano formado em história da arte na universidade de Nova York. Na década de 1990, ele tirou a tradicional grife italiana Gucci do buraco e a levou a um valor de mercado superior a US$ 4,5 bilhões. Tornou-se então o queridinho das editoras de moda das revistas mais influentes e uma lenda no mercado de luxo. Em 2004, contudo, deixou a casa italiana, foi para a Yves Saint-Laurent e largou tudo para se dedicar àquela marca que existia sem existir chamada Tom Ford. Ele até lançou produtos de beleza em parceria com a Estée Lauder e uma linha de óculos com o grupo Marcolin.



 de um tempo sumido do mundo da moda, Tom Ford adotou um low-profile em relação aos novos rumos de sua carreira e, após um período de silêncio e grandes especulações a seu respeito, deu o primeiro passo em abril do ano passado. Contrariando todas as apostas, Ford abriu uma boutique inteiramente dedicada ao universo masculino. O endereço? Nada mais, nada menos que a disputada Madison Avenue, em Nova
York.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.